top of page

Estratégias para Melhorar a Gestão Operacional do Seu Hotel



A gestão operacional de hotéis desempenha um papel crucial na experiência dos hóspedes e no sucesso financeiro do estabelecimento. Neste artigo, veremos as antigas questões de administração de empresas em uma nova roupagem adaptadas ao século XXI.

Antes de implementar qualquer estratégia, é essencial definir metas claras· Isso inclui objetivos financeiros, como aumento da receita e redução de custos operacionais, bem como metas relacionadas à satisfação do cliente e à qualidade dos serviços prestados· Ao alinhar toda a equipe com essas metas, é possível criar uma cultura de excelência e foco nos resultados.

 

Descentralização das Decisões

Uma gestão operacional eficaz envolve descentralização das decisões. Isso significa criar organogramas claros, atribuir responsabilidades específicas e capacitar os colaboradores a tomar decisões alinhadas com as necessidades dos hóspedes. Ao empoderar a equipe, você promove agilidade e melhoria contínua. É importante ressaltar que, apesar das dificuldades, a descentralização das decisões no Brasil é um processo que traz benefícios, como o aumento da agilidade, da eficiência e da capacidade de adaptação a mudanças do negócio. É necessário investir na mudança da cultura organizacional e na capacitação dos colaboradores para superar essas dificuldades e promover a descentralização.

 

Participação Ativa dos Colaboradores

Engajar os colaboradores é fundamental para o sucesso operacional. Estabeleça espaços de discussão, como reuniões regulares ou grupos de trabalho, nos quais os funcionários possam compartilhar ideias e soluções. Incentive a participação ativa, valorize as contribuições individuais e promova um ambiente de colaboração. Para superar essas dificuldades e permitir uma participação ativa dos colaboradores, as empresas brasileiras precisam investir em mudanças culturais e estruturais, como promover a comunicação transparente, empoderar os colaboradores, criar programas de incentivo e reconhecimento, oferecer capacitação e treinamento adequados, além de promover a confiança e a colaboração dentro da organização.

 

Ouvir a Voz do Cliente

Os hóspedes são uma fonte valiosa de retorno. Realize pesquisas de satisfação, monitore avaliações online e esteja atento aos comentários dos clientes. Use essas informações para ajustar processos, corrigir falhas e aprimorar a experiência do hóspede. É importante ressaltar que a pesquisa de satisfação dos hóspedes deve ser realizada de forma regular e sistemática, para que os resultados possam ser analisados e utilizados na melhoria contínua dos serviços prestados. Além disso, é fundamental que as respostas dos hóspedes sejam mantidas confidenciais e que sejam tomadas medidas efetivas para solucionar as questões levantadas pelos clientes insatisfeitos.

 

Metodologias e Alinhamento Estratégico

Adote metodologias eficazes, como o Six Sigma ou o Lean, para otimizar processos operacionais· Além disso, alinhe as estratégias operacionais com a visão e missão do hotel. Isso garante que todas as ações estejam alinhadas com os objetivos de longo prazo.

 

Veja alguns exemplos:

  • A rede Marriott é conhecida por sua abordagem focada na excelência operacional· Eles aplicam metodologias como o Lean Six Sigma para otimizar processos e melhorar a satisfação dos hóspedes· Por meio da análise de dados e da padronização de operações, a Marriott alcança resultados consistentes.

  •  Outra rede hoteleira que valoriza a otimização de processos é a Accor· Eles têm uma abordagem centrada no cliente e buscam constantemente melhorar a eficiência operacional· A implementação de checklists e protocolos padronizados é uma estratégia eficaz para manter o controle de qualidade em seus hotéis.

Esses exemplos demonstram como a gestão operacional eficiente pode impactar positivamente a experiência do hóspede e os resultados financeiros.

 



O Lean Six Sigma é uma metodologia que combina duas outras abordagens: o Six Sigma e o Lean Manufacturing. Vamos entender cada uma delas:

 

Six Sigma:

  • O Six Sigma busca reduzir a variabilidade nos processos produtivos, aumentando a qualidade do produto e evitando desperdícios durante a produção.

  • Diferente do que muitos pensam, não é apenas uma ferramenta para adequação às normas de qualidade; seu foco está na satisfação do cliente.

  • Projetos Six Sigma otimizam processos, produzindo produtos mais padronizados e estáveis.

Lean Manufacturing (Manufatura Enxuta):

  • Essa filosofia visa eliminar os 8 desperdícios Lean na linha de produção, reduzindo processos e atividades que não agregam valor ao cliente final.

  • Aumenta a eficiência produtiva, reduzindo o tempo entre o pedido do cliente e a entrega (Lead Time) e diminuindo os custos da empresa.

 

O Lean Six Sigma utiliza várias ferramentas e técnicas para identificar desafios, resolver problemas e atingir metas de negócios· Algumas das principais ferramentas incluem:

  • DMAIC: É uma estratégia de qualidade baseada em dados usada para melhorar processos· Pode ser implementada como parte de uma iniciativa Six Sigma ou em outros esforços de melhoria, como o Lean.

  • 5S: Metodologia que visa criar um ambiente de trabalho limpo, organizado e seguro, reduzindo desperdícios e otimizando a produtividade.

  • Mapeamento do Fluxo de Valor: Visualiza o fluxo de materiais e informações em um processo, permitindo identificar oportunidades de melhoria.

  • Fluxo Contínuo: Busca eliminar paradas, retrabalho e desperdícios, garantindo que o produto flua sem interrupções.

  • Local de Trabalho Visual: Usa dispositivos visuais para compartilhar informações sobre operações organizacionais, tornando o desempenho mais seguro e confiável.

  • Voz do Cliente: Captura as necessidades dos clientes para orientar o desenvolvimento de produtos e serviços.

 


O DMAIC é uma metodologia do Lean Six Sigma que visa melhorar, otimizar ou estabilizar processos existentes· Aqui estão os passos para aplicá-lo:


Definir (Define):

  • Mapeie o projeto e compreenda seus objetivos.

  • Identifique o problema ou oportunidade a ser abordado.

Medir (Measure):

  • Colete dados para entender o estado atual do processo.

  • Meça aspectos-chave, como tempo de ciclo e defeitos.

Analisar (Analyze):

  • Analise os dados para identificar causas-raiz dos problemas.

  • Use ferramentas como gráficos de Pareto e diagramas de dispersão.

Melhorar (Improve):

  • Brainstorm soluções potenciais.

  • Avalie a viabilidade e teste as melhorias em pequena escala.

Controlar (Control):

  • Implemente as soluções finalizadas em toda a organização.

  • Monitore e mantenha os ganhos obtidos.

O DMAIC é aplicável a situações quantificáveis com problemas específicos e dados mensuráveis

 


A Voz do Cliente (VOC) é uma ferramenta essencial no Lean Six Sigma para entender e atender às necessidades dos clientes· No contexto de um hotel, você pode aplicar a VOC da seguinte maneira:


Interprete as Necessidades do Cliente (CTQs):

  • Traduza as expectativas dos clientes em métricas mensuráveis, como requisitos críticos para a qualidade (CTQ).

  • Identifique o que é mais importante para os hóspedes, como limpeza, atendimento, conforto ou conveniência.

Transforme os Requisitos Críticos do Cliente (CCR):

  • Converta os CTQs em especificações de design ou de produto.

  • Por exemplo, se os hóspedes valorizam check-in rápido, otimize o processo de recepção.

Colete Dados da Voz do Cliente:

  • Realize pesquisas, entrevistas ou análise de comentários online.

  • Descubra o que os hóspedes gostam, o que desejam melhorar e quais problemas enfrentam.

Use os Insights da VOC para Melhorias:

  • Com base nos dados coletados, faça melhorias específicas.

  • Por exemplo, se os hóspedes reclamam da qualidade do Wi-Fi, invista em uma conexão mais rápida e confiável.

A VOC ajuda a aumentar a satisfação do cliente, otimizar processos e tomar decisões informadas·

 

Mario Cezar Nogales é consultor especializado em hotelaria, saiba mais em www.snhotelaria.com.br

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page